Jovem morre após ser ferido durante manifestação na Venezuela

Caracas, 28 mai (EFE).- Um jovem de 20 anos morreu neste domingo após ter sido ferido durante uma manifestação no sábado na cidade venezuelana de Lechería, no estado de Anzoátegui, segundo as autoridades.

"O Ministério Público encarregou o promotor Luis Gonzalo Galindo de investigar a morte de César David Pereira Villegas (20), que ficou ferido no sábado passado durante uma manifestação no setor Peñón del Faro de Lechería", informou a promotoria em comunicado.

De acordo com o Ministério Público, o jovem "encontrava-se no mencionado setor de Lechería onde ocorria uma manifestação, quando ficou ferido à altura do abdômen". Posteriormente, foi transferido até um centro médico privado, onde foi operado e morreu neste domingo.

Com a morte do jovem, chegou a 59 o número de mortos em episódios de violência derivados de manifestações a favor e contra o governo do presidente Nicolás Maduro que estremecem o país há 58 dias.

O prefeito de Lechería, o opositor Gustavo Marcano, informou pelo Twitter que Pereira morreu depois de ser ferido "brutalmente" no sábado "com um tiro" em uma manifestação em apoio à liberdade "de expressão".

O deputado Juan Andrés Mejía, coordenador politico encarregado do partido Vontade Popular, do opositor preso Leopoldo López, apontou também pela mesma rede social que Pereira era "ativista" do grupo.

O Ministério Público coordena as atuações da polícia científica (Cicpc) para estabelecer as "responsabilidades penais correspondentes".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos