Manifestação no Rio de Janeiro pede saída de Michael Temer e eleições diretas

Rio de Janeiro, 28 mai (EFE). - Milhares de manifestantes protestaram neste domingo, acompanhados de dezenas de artistas e intelectuais, na Praia de Copacabana, no Rio de Janeiro, contra o presidente Michel Temer, envolvido em escândalos de corrupção, e a favor da realização de eleições diretas.

A concentração, convocada por movimentos sociais e sindicatos, e que teve grande divulgação nas redes sociais começou por volta das 11h (de Brasília), com muitos manifestantes usando camisas com a frase "Fora Temer".

De acordo com a organização, ocorreriam apresentações de Caetano Veloso, Mano Brown, Criolo, Cordão da Bola Preta, Otto, Maria Gadu, Martn'ália, Pretinho da Serrinha, Teresa Cristina, Bnegão e Pedro Luís. O ator Wagner Moura também estava presente no ato.

Durante o protesto, alguns manifestantes gritaram frases contra as reformas conduzidas pelo governo Temer, e pediram por eleições diretas, caso o presidente sofra impeachment, o que não é previsto pela Constituição Federal, que aponta para pleito em que os eleitores são os membros de Câmara dos Deputados e Senado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos