Supremacista acusado de crime de ódio em Oregon se declara "patriota"

Washington, 31 mai (EFE).- Jeremy Joseph Christian, acusado de assassinar, na última sexta-feira, dois homens que defendiam algumas jovens de aparência muçulmana que estavam sendo insultadas em um trem de Portland, em Oregon (Estados Unidos), se definiu esta terça-feira, no seu primeiro comparecimento perante o juiz, como "patriota", não "terrorista".

"Você chama de terrorismo, eu chamo de patriotismo. Ouviu?", disse, aos gritos, Christian, de 35 anos, que é acusado de dois assassinados, onde pode ser condenado a pena de morte.

Christian, rodeado por policiais, também convidou a "sair" do tribunal aqueles que "não gostarem de liberdade de expressão".

Segundo relatos de testemunhas e de imagens de câmeras de segurança, Christian, na sexta-feira, bebia algo que parecia ser sangria e intimidou duas adolescentes, uma delas com hiyab, que viajavam em um trem de Portland.

"Ela nos disse que voltássemos para a Arábia Saudita, falou que não deveríamos estar aqui, para deixarmos seu país", disse Destinee Mangum, uma das meninas, em entrevista para a emissora de TV local "KPTV".

Em seguida, três homens intercederam por elas, e Christian acabou ferindo eles, no pescoço, com uma arma branca.

Dois morreram, enquanto que o terceiro sobreviveu.

Christian foi detido no mesmo dia e, segundo a câmera da viatura policial, confessou que já podia "morrer feliz na prisão, pois apunhalou um monte de (ininteligível) no pescoço".

Em 2002, Christian já tinha sido condenado a 90 meses de prisão por um assalto a uma loja pois, segundo disse, não o tinham vendido bilhetes de loterias premiados, de acordo com a "CNN".

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, classificou ontem de "inaceitável" o episódio: "Os ataques violentos de Portland são inaceitáveis. As vítimas enfrentaram o ódio e intolerância. Nossas orações estão com eles".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos