Chanceler venezuelana participará da Assembleia Geral da OEA no México

Caracas, 31 mai (EFE).- A ministra das Relações Exteriores da Venezuela, Delcy Rodríguez, informou nesta quarta-feira que participará da Assembleia Geral da Organização de Estados Americanos (OEA), que será realizada em Cancún (México), entre os dias 19 e 21 de junho, e avaliou como falta de consenso do órgão em tratar a crise no seu país.

O presidente Nicolás Maduro, "me instruiu para participar pessoalmente como chanceler da Venezuela da próxima Assembleia Geral, que será realizada em Cancún", disse Delcy, durante uma conversa telefônica com o deputado chavista Diosdado Cabello, transmitida pelo canal estatal "VTV".

Ela disse que comparecerá a reunião, depois do país ter iniciado no mês passado os trâmites para deixar a OEA, "para defender os direitos legítimos da Venezuela "de um "grupo intervencionista" que visa "proteger" a chamada revolução bolivariana.

"Estaremos lá para defender à Venezuela, ratificar a saída da Venezuela da OEA, justamente por estas pretensões intervencionistas que um grupo de países que não conta com o apoio da maioria da nossa região pretendem impor sobre a Venezuela", sustentou.

Por consenso, a OEA suspendeu a reunião de consulta de chanceleres sobre a Venezuela perante a falta de acordo sobre as duas propostas de declaração apresentadas, e agora os embaixadores devem decidir quando haverá a reunião sobre o mesmo tema antes da assembleia no México.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos