Estado Islâmico reivindica ataque contra hotel em Manila

Manila, 2 jun (EFE).- O grupo jihadista Estado Islâmico (EI) reivindicou a autoria do ataque realizado na noite de quinta-feira a um hotel perto do aeroporto de Manila, nas Filipinas, de acordo com a organização americana SITE Intelligence, especializada em análise de casos de terrorismo internacional.

Em mensagem publicada no Twitter, a ONG americana disse que um porta-voz do EI atribuiu "o ataque" a "lobos solitários do califado".

A Polícia tinha cercado e começado a esvaziar na noite desta quinta-feira (horário local) um hotel perto do aeroporto de Manila após um tiroteio, informou a imprensa local.

Testemunhas afirmaram que viaturas do Corpo de Bombeiros e ambulâncias foram enviadas ao hotel, onde era possível ver muita fumaça, segundo uma fonte citada pelo jornal "Inquirer".

Um funcionário do hotel, identificado como Roberto Palao Junior, disse ao portal de notícias "Rappler" que um grupo de homens armados e mascarados havia entrado nas dependências e aberto fogo de maneira indiscriminada.

Ainda segundo Roberto, várias pessoas foram atingidas pelos disparos, que outros funcionários disseram ter ocorrido no segundo andar e fez com que alguns clientes tivessem fugido pelas janelas.

O Resort World Manila conta com um cinema e um cassino e é um dos complexos hoteleiros mais próximos do aeroporto Ninoy Aquino, no bairro de Pasay City, no sudoeste da capital filipina.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos