Soldado israelense é esfaqueado por uma palestina na Cisjordânia

Jerusalém, 1 jun (EFE).- Um soldado israelense ficou ferido levemente nesta quinta-feira, ao ser esfaqueado por uma mulher palestina, que foi baleada após o ataque, no norte do território ocupado da Cisjordânia, de acordo com informações passadas pelo Exército de Israel.

O violento incidente aconteceu por volta das 10h (hora local), na entrada da colônia judaica de Mevo Dotan, onde se aproximou a mulher antes de atacar o militar.

"O soldado foi levado para um hospital onde receberá tratamento adequado", confirmou um comunicado militar.

A vítima, um jovem de 20 anos, sofreu ferimentos na parte superior do corpo, disse o serviço de emergências Magen David Adom.

A mulher, ferida por disparos das Forças de Segurança, recebeu atendimento médico no local do ataque, disse à Agência Efe, um porta-voz do Exército.

As agressões de palestinos a israelenses com faca, são partes de uma onda de violência que teve início em outubro de 2015, onde morreram 256 palestinos e dois jordanianos e 43 israelenses e outras quatro pessoas de várias nacionalidades.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos