Milícia curda apoiada pelos EUA expulsa EI de maior povoado perto de Al Raqqa

Cairo, 2 jun (EFE).- As Forças da Síria Democrática (FSD), uma aliança armada liderada por curdos e apoiada pelos Estados Unidos, tomaram nesta sexta-feira o povoado de Al Mansurah, a maior vila próxima à Al Raqqa, principal reduto do Estado Islâmico na Síria.

O Observatório Sírio de Direitos Humanos informou que os combates provocaram a morte de dezenas de membros do grupo terrorista. Outros fugiram da vila, que fica na margem sul do Rio Eufrates e a 15 quilômetros da cidade de Al Tabqa, também conquistada pelas FSD.

A milícia curda teve o apoio de forças especiais dos EUA e ainda contaram com aviões da coalizão internacional na ofensiva.

Ontem, as FSD expulsaram os extremistas de três localidades, todas ao sul do rio Eufrates, e perto da represa de Al Hurriya, a última nas mãos do Estado Islâmico.

A ofensiva faz parte da operação "Ira do Eufrates", lançada em novembro para expulsar o EI de Al Raqqa, considerada como a capital do califado autoproclamado pela organização.

As tropas das FSD estão há cerca de três quilômetros de distância de Al Raqqa pelo oeste e a uma distância similar pela frente norte da cidade.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos