Procuradoria de Nova York acusa 106 pessoas por tráfico de heroína e opioides

Nova York, 2 jun (EFE).- A Procuradoria-Geral de Nova York, nos Estados Unidos, acusou nesta sexta-feira 106 pessoas por 169 delitos relacionados com o tráfico de heroína e opioides como resultado de uma operação contra as redes de distribuição de drogas no norte do estado.

Os acusados, alguns deles já condenados, foram indiciados por "conspirarem em duas grandes redes de distribuição de drogas que transportavam heroína, fentanil e cocaína ao condado de St. Lawrence", anunciou o procurador-geral de Nova York em um comunicado.

A operação "Gravy Train" consistiu em 11 meses de investigações e foi coordenada pela Procuradoria-Geral em colaboração com as polícias local, estadual e federal da área.

De acordo com a acusação, durante a ampla operação policial os agentes expropriaram 2.600 bolsas de heroína (avaliados em US$ 39 mil), 3.005 de fentanil (US$ 45.075) e 700 de cocaína (US$ 10.500) que já estavam empacotadas para serem distribuídas.

As autoridades interceptaram novas quantidades dos mesmos narcóticos, além de US$ 89 mil em dinheiro, três pistolas, dois tasers, uma adaga, uma escopeta e um colete à prova de bolas roubado de um agente das forças de segurança.

A acusação se divide em dois expedientes: um contra 50 pessoas, pela venda de entorpecentes na localidade de Ogdensburg, e outro contra 57 indivíduos, um deles duplamente acusado, por traficar ao norte de Nova York para vender drogas em St. Lawrence.

Esta é a terceira maior operação policial da iniciativa conjunta das autoridades chamada de Resposta à Crescente Epidemia nos Subúrbios e no Norte do Estado (Surge, sigla em inglês), especificamente dirigida a combater a "crescente epidemia" de opioides na área.

"A crescente epidemia de opiáceos está destruindo vidas ao redor de Nova York", disse o procurador-geral Eric Schneiderman, que destacou que a Surge está abordando a crise através dessas operações policiais, como a Operação Bricktown e a Operação Un-Wise, feitas no mês passado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos