Centenas de pessoas marcham nos EUA para pedir investigação contra Trump

Washington, 3 jun (EFE).- Centenas de pessoas participam neste sábado nas principais cidades dos Estados Unidos da "Marcha pela Verdade", para exigir uma investigação independente sobre os possíveis laços da campanha do presidente Donald Trump com o governo da Rússia.

Os organizadores esperam a participação de várias milhares de pessoas em Nova York, Washington e uma centena de cidades para reivindicar uma investigação independente sobre os nexos de Trump e os seus associados com representantes do governo do presidente russo, Vladimir Putin.

A marcha conta com o apoio de congressistas, atores e grupos progressistas de todo o país, com o fim de aumentar a pressão para que se examine a fundo a possível coordenação da equipe de Trump com a Rússia para diminuir as chances da candidata democrata, Hillary Clinton.

Muitos dos participantes entoaram palavras de ordem a favor de iniciar um processo de impeachment contra Trump pelas suas tentativas de evitar que se investigue a possível manipulação russa nas eleições de novembro do ano passado.

Os organizadores das manifestações esperam reunir até 5.000 pessoas em Nova York e um número similar em Washington, onde o ato coincidiu com uma concentração de simpatizantes de Trump em frente à Casa Branca.

Os simpatizantes de Trump, que foram convocados pelos responsáveis da campanha do presidente americano, levavam cartazes a favor da decisão do governante de retirar-se do Acordo de Paris sobre mudança climática.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos