Ex-deputado Rocha Loures é preso em Brasília

Brasília, 3 jun (EFE).- A Polícia Federal deteve neste sábado o ex-deputado Rodrigo Rocha Loures, que atuou como intermediário nas reuniões entre o presidente Michel Temer no âmbito da delação da JBS, informaram fontes oficiais.

A detenção do ex-parlamentar foi autorizada pelo magistrado Luiz Edson Fachin.

O ex-deputado foi flagrado pela PF recebendo uma mala com R$ 500 mil que, segundo delações de executivos da JBS no âmbito da Operação Lava Jato, seriam dinheiro de propina.

Rocha Loures, um homem da maior confiança do presidente, intermediava reuniões entre Temer e Batista.

Mediante acordos, Batista também disse que pagava comissões ilegais a Temer para obter favores políticos ao seu grupo desde 2010 e que essa relação ilícita ocorria desde que o governante assumiu o poder, em maio do ano passado, quando começou o julgamento político que acabou com o impeachment de Dilma Rousseff.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos