Canadense morta em atentado de Londres é identificada pela família

Toronto (Canadá), 4 jun (EFE).- A cidadã canadense Christine Archibald é uma das sete pessoas que morreram no ataque terrorista realizado na noite de sábado em Londres, segundo confirmou neste domingo a família da vítima.

A família Archibald divulgou um comunicado através do governo canadense em que lamentou a morte da jovem que tinha se mudado para Londres para viver com seu noivo.

"Choramos a perda da nossa preciosa filha e irmã. Tinha espaço no seu coração para todos e acreditava firmemente que cada pessoa tem que ser valorizada e respeitada. Assim o demonstrou trabalhando em um refúgio para pessoas sem-teto até que se transferiu à Europa para estar com o seu noivo", declarou a família.

"Por favor, honrem Christine fazendo da sua comunidade um lugar melhor. Sejam voluntários ou façam uma doação a um refúgio para pessoas sem-teto. Digam que Chrissy lhes enviou", completou a família.

Horas antes, o primeiro-ministro canadense, Justin Trudeau, havia informado que um cidadão canadense tinha morrido no "ataque sem sentido" na capital britânica.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos