Corrida nas escaderias do World Trade Center reúne mais de 800 participantes

Nova Iorque, 4 jun (EFE).- Mais de 800 pessoas subiram correndo neste domingo os 2.226 degraus do World Trade Center, em Nova York, em prova beneficente que teve renda destinada ao apoio de parte das famílias das vítimas dos atentados de 11 de setembro de 2001.

A corrida é realizada anualmente pela família de Stephen Siller, um bombeiro que morreu trabalhando nas Torres Gêmeas após a ação dos terroristas, conforme relata o jornal americano "Newsday".

Atletas de todo o mundo saltaram os 102 andares do edifício erguido no local onde estava o alvo dos ataques, em percurso que visa lembrar os "heróicos atos daqueles que conhecemos e não conhecemos", afirmou Frank Siller, irmão do bombeiro homenageado.

No dia do atentado, Siller correu do Brooklyn até a zona zero, equipado para apagar as chamas, mas faleceu, assim como outros 343 bombeiros, devido a queda de uma das torres.

Os vencedores da corrida deste domingo foram o alemão Thomas Dodd e o australiano Darren Wilson, que completaram o percurso em 12 minutos, enquanto, no feminino, a americana Shari Klarfeld conquistou a primeira colocação em 15 minutos e 47 segundos.

De acordo com a fundação dos familiares de Siller, a prova arrecadou mais de US$ 400 mil (R$ 1,3 milhão), que será usado para ajudar a pagar as dívidas dos membros das equipes de resgate que morreram na tragédia, assim como auxiliar os que ficaram com sequelas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos