Putin afirma que não conhecia ex-assessor de Trump com quem jantou

Washington, 4 jun (EFE).- O presidente russo, Vladimir Putin, assegurou que não sabia quem era Michael Flynn, o ex-assessor de Segurança Nacional do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, apesar de ter participado de um jantar comemorativo em 2015 com o mesmo.

Em um trecho antecipado de uma entrevista que será divulgada neste domingo pelo canal "NBC", Putin disse que quando foi ao evento da companhia Russia Today, "me sentei na mesa junto com um senhor ao meu lado".

"Falamos de algumas coisas, me levantei e fui embora. Mais tarde me disseram que esse senhor era americano, responsável por certas coisas; que costumava estar nos serviços de segurança. Isso é tudo", disse Putin.

Flynn, que foi durante o primeiro mês de mandato de Trump o assessor de segurança nacional, foi obrigado a se demitir após ter escondido do vice-presidente, Mike Pence, o conteúdo dos seus contatos com o embaixador russo, Sergey Kysliak.

Além disso, o Departamento de Defesa investiga se Flynn, que entre 2012 e 2014 foi chefe da Agência de Inteligência de Defesa, descumpriu os seus compromissos ao não revelar o pagamento de US$ 45 mil para participar desse jantar comemorativo dos 10 anos da RT.

Nesse jantar, Flynn, que está sendo investigado pelos seus possíveis contatos com a Rússia e os seus trabalhos a favor da Turquia, se sentou ao lado de Putin, algo que analistas americanos não consideram uma coincidência.

Flynn se transformou em uma das figuras centrais do escândalo sobre a tentativa russa de influenciar no resultado das eleições de novembro, nas quais Trump venceu democrata Hillary Clinton, apesar das pesquisas apontarem o inverso.

Na mesma entrevista exclusiva, realizada em São Petersburgo, Putin disse que o suposto ataque do Partido Democrata, que permitiu filtrar comunicações privadas, pode ter sido realizada por um "menino" e apontou para a possibilidade de alguém tentar fazer parecer obra de Moscou, quando pode ter vindo desde os EUA.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos