Trudeau condena ataques de Londres e confirma morte de um canadense

Toronto (Canadá), 4 jun (EFE).- O primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, condenou neste domingo o "ataque sem sentido" perpetrado na noite de sábado em Londres e confirmou que um cidadão canadense morreu no atentado terrorista.

"Canadá condena com firmeza o ataque sem sentido que ocorreu na noite passada em Londres, que matou e deixou muitos feridos", disse Trudeau em comunicado.

"Estou inconsolável porque um canadense está entre os mortos. Choramos com as famílias e os amigos daqueles que perderam entes queridos e desejamos a todos os feridos uma rápida e total recuperação", disse Trudeau.

O premiê canadense disse também que "estes atos odiosos não nos separam. Os canadenses estão unidos com o povo britânico".

"Seguiremos trabalhando junto com o Reino Unido e todos os nossos aliados para lutar o terrorismo e levar perante a justiça os autores desse brutal ataque", disse.

As autoridades do Canadá não identificaram o canadense morto no ataque de Londres e disse que não realizará mais comentários por enquanto "em respeito à família".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos