Bombardeio em zona controlada pelo EI mata 11 civis da mesma família na Síria

Beirute, 6 jun (EFE).- Pelo menos 11 membros de uma mesma família morreram nesta terça-feira, após um bombardeio de aviões desconhecidos contra uma zona controlada pelo grupo terrorista Estado Islâmico (EI), no leste da província de Hama, na Síria, segundo informações divulgadas pelo Observatório Sírio de Direitos Humanos.

O alvo era a aldeia de Abu Yuadid, perto da cidade de Aquirabat, dominada pelos radicais.

Os civis falecidos eram deslocados originários do norte da vizinha província de Homs, e entre eles havia quatro mulheres, acrescentou a ONG, não descartando que o número de mortos aumente, pois há várias pessoas feridas, algumas com gravidade.

Nas últimas semanas, o norte de Hama foi alvo de intensos bombardeios por parte da aviação síria e de sua aliada, a russa, lembrou o Observatório.

Estes ataques aéreos coincidem com uma operação militar da tropa do governo sírio contra o EI, na região de Aleppo e no deserto de Homs.

Em paralelo, as Forças da Síria Democrática (FSD), aliança armada liderada por milícias curdas e respaldadas pela coalizão internacional, fustiga os extremistas em seu bastião principal na Síria, a província de Raqqa.

Ontem, pelo menos 21 civis que tentavam fugir da cidade de Al Raqqa morreram em um suposto ataque de aviões da coalizão, liderada pelos Estados Unidos, denunciou o Observatório.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos