Imãs britânicos se negam realizar enterro de terroristas de Londres

Londres, 6 jun (EFE).- Mais de 130 imãs e religiosos muçulmanos do Reino Unido se negaram a realizar o enterro dos três autores do atentado terrorista do último sábado em Londres, que deixou sete mortos e quase 50 feridos, informou a imprensa local.

"Não realizaremos a tradicional oração de fúnebre pelos terroristas e pedimos que os demais imãs e autoridades religiosas que retirem esse privilégio deles porque essas ações indefensáveis são contrárias às doutrinas do Islã", destacaram os líderes muçulmanos em um comunicado, divulgado nas redes sociais.

Os imãs condenaram os últimos atentados em Londres e Manchester, mostrando "repulsa absoluta aos ataques a sangue frio". Além disso, afirmaram que as atitudes são indefensáveis e "vão contra as nobres doutrinas do Islã".

"Sentimos profundamente os atentados ocorridos no nosso país por assassinos que buscam unicamente a legitimidade religiosa com suas ações. Esses assassinos querem dividir nossa sociedade e instalar o medo. Garantiremos que eles fracassarão na sua tentativa", expressaram os líderes religiosos no documento.

"Tais crimes contaminam o nome da nossa religião e do nosso profeta, que foi enviado para ser misericordioso com toda a criação", destacaram na carta.

Além disso, as autoridades religiosas condenaram o fato de os ataques terem ocorrido durante o mês do Ramadã, um período de "devoção piedosa, oração, caridade e cultivo do bom caráter".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos