Avião militar com 104 pessoas a bordo cai no leste de Mianmar

(Atualiza com número de vítimas)

Bangcoc, 7 jun (EFE).- Um avião militar com 104 pessoas a bordo caiu nesta quarta-feira no mar de Andaman após ter decolado da cidade de Myeik, no sudeste de Mianmar, informam meios locais

Os soldados desdobrados em tarefas de rastreamento encontraram parte da fuselagem da aeronave nas águas perto da cidade de Dawei, informa o portal de notícias "Voa Burmese".

Um comunicado postado no perfil do Facebook do Exército do país indica que os militares perderam a comunicação com o aparelho "de maneira abrupta" perto de Dawei, cerca de 100 quilômetros ao norte do ponto de partida.

O aparelho, um Y-8F-200 de fabricação chinesa entregue às Forças Armadas em março de 2016 e com 809 horas de voo, dirigia-se a Rangum, a principal cidade do país, quando desapareceu do radar.

O avião transportava 90 passageiros, entre militares e familiares de soldados, e 14 membros da tripulação.

Pelo menos seis barcos da Marinha e três aviões participam de uma missão de busca e resgate de possíveis sobreviventes.

Em fevereiro de 2016, cinco pessoas perderam a vida no acidente de outro avião militar que dirigia-se a Naipyido, capital da Mianmar.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos