Trump apresenta plano para reconstruir infraestrutura dos EUA e gerar emprego

Washington, 7 jun (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, apresentou nesta quarta-feira em Cincinnati, no estado de Ohio, sua estratégia para a reconstrução da infraestrutura do país, o que implica dar mais liberdade de ação às autoridades estaduais e locais, e contar com apoio do setor privado para gerar empregos.

"Chegou a hora de recuperar nosso legado de uma nação de construtores", proclamou Trump em um discurso às margens do rio Ohio.

Trump afirmou que, durante a campanha eleitoral no ano passado, pôde ver em primeira mão a "deterioração" da infraestrutura em todo o país e se deparou com comunidades "desesperadas" por novas estradas e pontes.

"O povo americano merece a melhor infraestrutura do mundo", enfatizou o governante ao denunciar que nos últimos anos o governo federal gastou "trilhões e trilhões" de dólares em países estrangeiros enquanto deixava os EUA em "estado de abandono".

De acordo com a Casa Branca, o sistema de infraestrutura dos EUA caiu para o 12º lugar no ranking mundial e isto é "inaceitável".

A proposta orçamental que o governo Trump apresentou em maio inclui US$ 200 bilhões em gastos federais com infraestrutura, dentro do total de US$ 1 trilhão que pretende conseguir em investimentos com a ajuda do setor privado.

Além disso, o presidente quer dar mais liberdade às autoridades estaduais e locais para que possam fazer frente a suas próprias "necessidades críticas" de infraestrutura e se associar com empresas privadas se assim quiserem.

Outro objetivo de Trump é "reduzir drasticamente" o tempo de espera na aprovação de projetos de infraestrutura, que foram freados nos últimos anos por "muitas regulamentações ambientais" que elevaram os custos e estenderam os prazos, segundo a Casa Branca.

Trump lembrou hoje que a famosa ponte Golden Gate de São Francisco foi construída em "quatro anos", ao considerar que não faz sentido levar mais de uma década aprovar e executar projetos de infraestrutura na atualidade.

"É hora de reconstruir nosso país, trazer de volta os nossos empregos, restaurar os nossos sonhos e, sim, de colocar os Estados Unidos em primeiro lugar", exclamou Trump.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos