Conservadores e trabalhistas mostram cautela após resultados de boca de urna

Londres, 8 jun (EFE).- O ministro de Defesa do Reino Unido, Michael Fallon, e o porta-voz de Economia do Partido Trabalhista, John McDonnel, mostraram cautela após os resultados de boca de urna das eleições realizadas nesta quinta-feira, que sugere que os "tories" perderão a maioria absoluta no parlamento.

"Isso é só uma projeção, acredito que isso ficou claro, não é um resultado. As pesquisas de boca de urna já foram equivocadas no passado. Em 2015, subestimaram nossos votos", disse Fallon à "BBC".

"Temos que esperar os resultados reais antes de poder interpretar isso de uma forma ou de outra", indicou o ministro.

McDonell concordou com o adversário e disse que todas as pesquisas devem ser interpretadas com "certo ceticismo". "No passado, as pesquisas se equivocaram", afirmou.

Segundo a pesquisa de boca de urna divulgada minutos depois do fechamento das seções eleitorais, o partido da primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, obteria 314 cadeiras, abaixo da maioria absoluta de 326 parlamentares na Câmara dos Comuns.

Os trabalhistas ficariam com 266, seguidos do Partido Nacionalista Escocês, com 34, e dos liberal-democratas, com 14.

May convocou as eleições antecipadas no último dia 18 de abril, quando as pesquisas previam uma vitória ampla para os conservadores. A vantagem frente aos trabalhistas, no entanto, foi sendo reduzida com a proximidade do pleito.

"Nunca acreditamos nessas pesquisas que diziam que estávamos 20 pontos na frente. Ainda é muito cedo para analisar os possíveis resultados dessas eleições", reforçou Fallon.

Os primeiros resultados oficiais devem começar a sair por volta das 23h locais (19h em Brasília). A apuração só deve terminar no início da manhã de sexta-feira. Por volta das 5h locais de amanhã (1h em Brasília) pode haver uma ideia clara do vencedor.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos