Primeiro-ministro de Portugal iniciará pelo Brasil viagem por América Latina

Lisboa, 8 jun (EFE).- O primeiro-ministro português, o socialista António Costa, inicia neste sábado uma viagem pela América Latina que o levará ao Brasil para festejar o Dia de Portugal e depois seguirá para visitas oficiais à Argentina e Chile, onde se reunirá com os presidentes de ambos países.

O gabinete de Costa divulgou hoje a agenda oficial da viagem aos três países, que começará pelo Brasil no sábado, data na qual se celebra o Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas.

O chefe do governo e o presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, chegarão a São Paulo ao final da tarde, e ambos presidirão a cerimônia oficial das comemorações no Teatro Municipal da cidade, que será encerrado com um show da fadista Gisela João.

No domingo, Costa irá ao consulado português para assinar um protocolo de cooperação entre o Instituto Camões, a Secretaria de Cultura de São Paulo e a Fundação Roberto Marinho e visitará uma exposição do artista luso Ernesto de Melo e Castro.

A agenda seguirá na cidade do Rio de Janeiro com um almoço no navio-escola Sagres e uma visita ao Real Gabinete Português de Leitura para assinar um memorando de entendimento para a participação do Instituto Camões na nova Associação Luís de Camões.

O Palácio de São Clemente acolherá no final da tarde outra cerimônia de comemoração do Dia de Portugal, antes da partida de Costa para Buenos Aires.

Na segunda-feira, já na capital argentina, Costa discursará no encerramento de um encontro empresarial promovido pela Agência para o Investimento e o Comércio Exterior de Portugal (AICEP) e o Ministério de Relações Exteriores da Argentina e falará sobre o futuro da Europa na Universidade Argentina da Empresa.

A parte mais política da sua viagem à Argentina será na terça-feira, quando visitar o Congresso dos Deputados para reunir-se com o presidente da Câmara, Emilio Monzó, e a vice-presidente do país, Gabriela Michetti.

Após uma cerimônia de homenagem na praça de San Martín, Costa se reunirá na Casa Rosada com o presidente argentino, Mauricio Macri, antes de partir para Santiago do Chile.

No último destino da sua viagem latino-americana será recebido na quarta-feira pelo ministro da Defesa, José Antonio Gómez Urrutia, em uma cerimônia com honras militares.

Após isso, terá um encontro com a presidente do Chile, Michelle Bachelet, que acabará com um almoço oficial.

Costa também pretende abrir um seminário empresarial organizado pela AICEP e a InvestChile na própria quarta-feira, enquanto que na quinta-feira, antes de retornar a Lisboa, visitará o centro histórico de Santiago.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos