Processo de negociações de paz na Síria, que aconteceria em Astana, é adiado

Astana, 8 jun (EFE).- As negociações de paz na Síria, programadas para os dias 12 e 13 de junho em Astana, capital do Cazaquistão, foram adiadas pela decisão dos países fiadores - Rússia, Turquia e Irã -, anunciou nesta quinta-feira o Ministério das Relações Exteriores cazaque.

As nações querem mais tempo para estudar a implementação de quatro zonas seguras na Síria e o fortalecimento do regime de cessar-fogo, explicou o porta-voz do ministério cazaque, Anuar Zhainakov.

"No futuro, os fiadores têm a intenção de informar ao Cazaquistão sobre as datas, o nível, os participantes e a agenda da próxima reunião do processo de Astana sobre a resolução da situação na Síria", completou Zhainakov.

Durante a última reunião, em maio, os países fiadores assinaram um memorando estabelecendo quatro zonas seguras na Síria.

Este acordo pretende proteger a população civil e diminuir a tensão entre os rebeldes e forças governamentais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos