Trabalhistas se mostram dispostos a formar governo em minoria, diz porta-voz

Londres, 8 jun (EFE).- O Partido Trabalhista, atualmente o maior da oposição no Reino Unido, está disposto a formar um governo em minoria, caso se confirme que nenhuma legenda conseguirá a maioria absoluta na Câmara dos Comuns nas eleições gerais realizadas no país, segundo a porta-voz de Relações Exteriores do partido, Emily Thornberry.

"Parece que poderemos formar o próximo governo", declarou ela nesta quinta-feira à rede de televisão "BBC".

Segundo uma pesquisa de boca de urna feita pelas redes de televisão "BBC', "ITV" e "Sky", o Partido Conservador, da primeira-ministra Theresa May, conseguirá 314 cadeiras, 17 a menos que as que tinham quando a Câmara foi dissolvida, em maio. Já os trabalhistas ganhariam 34, chegando a 266.

Para obter a maioria absoluta, é preciso ter 326 das 650 cadeiras da câmara baixa do Parlamento.

Thornberry disse que os trabalhistas podem apresentar um programa de governo e uma proposta de orçamento, e pediriam que fossem apoiados por outras legendas, mas sem coalizão.

"É possível que formemos o próximo governo e, se o fizermos, não haveria coalizão. Nem coalizão, nem acordos", acrescentou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos