"Charlie Hebdo" publica capa com imagem de Theresa May decapitada

Paris, 9 jun (EFE).- O semanário francês "Charlies Hebdo", alvo de um ataque terrorista que matou 12 pessoas em janeiro de 12, dedicou a capa desta semana à primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, que aparece decapitada em uma charge.

Em uma referência aos atentados sofridos pelo Reino Unido nas últimas semanas, o "Charlie Hebdo" escreveu em sua manchete "Multiculturalismo à inglesa".

Há também um balão de diálogo saindo da cabeça da líder do Partido Conservador, que diz a frase "Demais é demais", uma referência às declarações de May após os atentados que deixaram oito mortos em Londres: "Basta é basta".

O "Charlie Hebdo", fundado em 1970, é conhecido por publicar capas satíricas e impactantes. Um dos episódios que mais trouxe problemas para o semanário foi a publicação de uma caricatura do profeta Maomé, algo considerado como um insulto por boa parte do mundo muçulmano.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos