Insurgentes são mortos pelo Exército da Índia ao tentar cruzar fronteira

Nova Délhi, 9 jun (EFE).- Pelo menos cinco insurgentes morreram em confronto com o Exército da Índia nesta sexta-feira quando tentavam cruzar a partir do Paquistão a linha de controle em direção ao lado, a fronteira de fato entre os dois países.

"Está confirmado que cinco instrusos armados, que tentavam entrar na Índia, foram eliminados por nosso Exército", disse à Agência Efe uma fonte militar do país que pediu anonimato.

Os confrontos na região continuam, acrescentou a fonte, e ocorreu apenas um dia depois de outra tentativa de invasão que terminou com a morte de três supostos terroristas.

O incidente de hoje ocorreu em Uri, onde no ano passado uma base militar foi atacada, provocando a morte de 19 soldados, o que elevou a tensão entre o Paquistão e a Índia.

A morte em julho do ano passado de um jovem líder insurgente do grupo separatista Hizb-ul-Muyahidin gerou vários protestos em massa na Caxemira. A instabilidade social continua em forma de manifestações e violência, com dezenas de mortos e milhares de feridos.

A Caxemiria é a única região da Índia com maioria muçulmana. O Paquistão exige a completa soberania da região desde a separação do subcontinente em 1947 e a independência do Império Britânico.

Os dois países fizeram duas guerras e se envolvem em conflitos menores desde então pelo território, separado por uma fronteira provisória e que é uma das zonas mais militarizadas do mundo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos