Neta de Nikita Kruschev morre atropelada por um trem

Moscou, 9 jun (EFE).- Julia Kruscheva, neta do dirigente soviético Nikita Kruschev (1894-1971), morreu nesta sexta-feira ao ser atropelada por um trem interurbano nos arredores de Moscou, informaram as autoridades russas.

Aparentemente, a mulher andava à beira de uma ferrovia quando tropeçou e caiu durante a passagem de um trem que liga Moscou com a localidade de Vnukovo, nos arredores da capital russa.

"A mulher não teve tempo de reagir aos sinais do maquinista e sofreu ferimentas que a levaram a óbito no local dos fatos", explicou à "Interfax" uma porta-voz das autoridades que investigam o fato, Tatiana Morozova.

Julia Kruscheva, que nasceu em 1940, era filha de Leonid Kruschev, filho do segundo casamento do histórico dirigente soviético que governou a URSS entre 1953 e 1964, em plena Guerra Fria, e que colocou fim ao culto à personalidade do ditador Josef Stalin.

O pai de YJlia Kruscheva era piloto militar que morreu em combate em 1943, durante a Segunda Guerra Mundial.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos