Partido Conservador ultrapassa Trabalhista após 550 circunscrições apuradas

Londres, 9 jun (EFE).- O Partido Conservador ultrapassou e aparece com uma vantagem de 20 cadeiras a respeito do Partido Trabalhista, com 550 das 650 circunscrições britânicas apuradas, após as eleições gerais realizadas na quinta-feira.

De acordo com os números oficiais, os conservadores, da primeira-ministra britânica Theresa May, lideram a apuração com 253 cadeiras, seguidos pelos trabalhistas, que até o momento têm 233 assentos.

Por sua vez, o Partido Nacionalista Escocês (SNP) aparece com 33 cadeiras, enquanto o Partido Unionista Democrático (DUP), o maior da Irlanda do Norte, conseguiu 10; o mesmo resultado do conseguido pelos liberal-democratas.

O Plaid Cymru, legenda de centro-esquerda do País de Gales, conseguiu três e o eurocético UKIP ainda não possui nenhuma.

Cerca de 47 milhões de britânicos estavam convocados às urnas para votar na composição da câmara baixa do parlamento de Westminster, depois que May decidiu no último dia 18 de abril antecipar estas eleições que deveriam acontecer em maio de 2020.

A premiê, que chegou ao poder há quase um ano, argumentou em abril que tinha optado por chamar os cidadãos às urnas para contar com um mandato forte nas negociações sobre a saída do Reino Unido da União Europeia (UE).

As negociações substanciais sobre o "Brexit" deverão começar no próximo dia 19 de junho, quase três meses depois de Londres ter ativado o Artigo 50 do Tratado de Lisboa, que estabelece dois anos de conversas sobre a retirada de um país comunitário.

Quando o parlamento foi dissolvido no início de maio, May levava sobre os trabalhistas de Jeremy Corbyn uma vantagem de quase 20 pontos nas pesquisas de intenção de voto, mas nas últimas semanas a principal legenda da oposição britânica conseguiu estreitar consideravelmente essa distância.

A última pesquisa da campanha eleitoral antes do fechamento dos colégios, publicada pelo jornal "Evening Standard", dava a vitória aos conservadores com oito pontos de vantagem sobre seus rivais trabalhistas.

No momento da dissolução do parlamento em maio, os "tories" tinham 330 cadeiras, frente às 229 do Partido Trabalhista.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos