Trump pede que Catar seja "responsável" e pare de financiar o terrorismo

Washington, 9 jun (EFE). - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, fez nesta sexta-feira um apelo ao Catar e pediu para que o governo do país deixe de financiar o terrorismo e retorne ao grupo de "nações responsáveis", já que, segundo ele, a cúpula com líderes de países árabes que aconteceu na Arábia Saudita no mês passado representou "o começo do fim do terrorismo" no mundo.

"Chegou a hora de pedir ao Catar para interromper o financiamento do terrorismo. Tem que acabar com isso e com a ideologia extremista. Catar, te queremos de volta na comunidade de nações responsáveis", disse o governante americano, em comparecimento conjunto com presidente da Romênia, Klaus Iohannis.

Trump disse que "historicamente" o Catar "foi um forte financiado do terrorismo" e que é um governo decidido a facilitar as atividades extremistas no mundo.

"Quero pedir que todas as nações parem imediatamente de patrocinar o terrorismo (...). Não vou citar outros países, mas não terminamos na tarefa de pressionar os Estados que se envolvem nessa prática. O meu principal dever como presidente é manter nosso povo a salvo", indicou o presidente americano, prometendo que fará todo o possível para "impedir o custeio de terroristas, deter a propagação do ódio e parar os assassinos".

O governante agradeceu ao "amigo" Salman bin Abdul Aziz al Saud, o rei da Arábia Saudita, e "a todos os países que participaram da histórica" reunião regional que ele presidiu durante sua visita a Riad.

"Nunca aconteceu nada como aquela cúpula e talvez nunca mais volte a acontecer. Tomara que seja o começo do fim do financiamento do terrorismo, que, portanto, seria o começo do fim do terrorismo", acrescentou Trump.

O contundente chamado de Trump foi feito pouco depois de o secretário de Estado americano, Rex Tillerson, tentar diminuir as tensões na região hoje ao pedir que Egito, Arábia Saudita, Emirados Árabes e Bahrein "suavizem o bloqueio" imposto ao Catar.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos