Milícias curdas conquistam novo bairro na zona oeste de Al Raqqa, na Síria

Cairo, 11 jun (EFE).- As Forças da Síria Democrática (FSD), uma aliança de milícias lideradas por curdos, libertaram neste domingo o bairro de Al Rumaniya, situado na periferia oeste de Al Raqqa, cidade do norte da Síria que é considerada a "capital" do grupo terrorista Estado Islâmico (EI).

Nos combates morreram 11 jihadistas, além do emir do EI Abu Khatab al Tunisi, segundo informaram as FSD através de seus perfis no aplicativo Telegram.

A coalizão antijihadista anunciou ontem a conquista do bairro de Al Sabahia, que fica próximo de Al Rumaniya, mas que seus efetivos tiveram que recuar na zona norte, abandonando a base da antiga Divisão 17, segundo o Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH).

As FSD, que contam com apoio da coalizão internacional e com a ajuda de tropas especiais dos Estados Unidos no terreno, iniciaram no último dia 6 o assalto a Al Raqqa.

Neste momento, a cidade está cercada pelas FSD nas frentes norte, sul e oeste, enquanto o território situado ao sul da cidade segue nas mãos do EI.

O grupo jihadista está prestes a perder seu principal reduto no Iraque, a cidade de Mossul (norte), que foi tomada pelos radicais há três anos, pois estes só controlam atualmente algumas áreas de sua parte ocidental, incluído o centro antigo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos