Cúpula do Mercosul será realizada em julho na Argentina

Buenos Aires, 12 jun (EFE).- O Mercosul realizará sua próxima cúpula no próximo dia 21 de julho na cidade de Mendonza, na Argentina, informaram nesta segunda-feira fontes oficiais.

O governo da Argentina, que exerce neste semestre a presidência pro-tempore do bloco, disse que o presidente Mauricio Macri já convidou os demais líderes dos países-membros para a cúpula.

O Ministério das Relações Exteriores e Culto da Argentina disse em comunicado que a cúpula será a "oportunidade propicia" para avaliar os avanços realizados durante a presidência pro-tempore do país e também para "considerar cursos de ações necessárias para continuar trabalhando no fortalecimento da integração regional".

Antes da cúpula de chefes de Estado, será realizada uma reunião ordinária do Conselho do Mercado Comum, órgão que reúne os chanceleres e ministros de Economia do Mercosul.

Além disso, serão realizados encontros de órgãos e foros da estrutura do bloco. Também estão previstas uma reunião extraordinária do Grupo de Mercado Comum e do Foro de Consulta e Combinação Política.

Mendoza, situada a cerca de 1.100 quilômetros ao oeste de Buenos Aires e uma das cidades mais povoadas da Argentina, já recebeu a cúpula do Mercosul em 2012.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos