Só 1 de cada 13 refugiados que precisam ser reassentados consegue, diz Acnur

Genebra, 12 jun (EFE).- Cerca de 1,2 milhão de refugiados no mundo necessitam ser reassentados em um terceiro país, mas segundo a Agência das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur), só há 93,2 mil vagas disponíveis para 2017, e por isso só um de cada 13 atingirá este objetivo.

O alto comissionado da ONU para os Refugiados, Filippo Grandi, deu estes números durante a inauguração do fórum anual sobre reassentamento da entidade, no qual lembrou que as vagas disponíveis para este ano são 43% a menos que no ano anterior.

O alto funcionário lembrou que as necessidades só crescem, uma tendência que não é acompanhada pelas ofertas.

O caso que merece especial atenção é o dos 500 mil refugiados africanos que necessitam ser reassentados, quando para eles só há disponíveis 18 mil vagas.

"O fato é que atualmente por cada vaga disponível há 13 demandas, apesar de mais países estarem participando do programa (de reassentamento)", afirmou Grandi.

Grandi sustentou que 9 de cada 10 refugiados são acolhidos em um país em desenvolvimento, e pediu "solidariedade real" das nações em uma escala que equilibre as necessidades com a oferta.

As demandas para o próximo ano serão parecidas, com 1,2 milhão de refugiados que necessitarão ser reassentados, deles 510 mil que residem em 34 países da África, 280 mil no Oriente Médio, 302 mil na Europa (principalmente a Turquia), 100 mil na Ásia e 1,8 mil nas Américas.

Grandi lembrou que em 2016 houve um recorde de reassentamentos - a maior cifra em 20 anos - com um total de 125,8 mil pessoas que começaram uma nova vida em um novo país, sendo a metade deles sírios, e 44 mil africanos.

Além disso, o número de países que acolhem refugiados subiu para 37 em 2016, e alguns, como Argentina e Brasil, assumiram novos compromissos.

Os refugiados que necessitam ser situados são os que o Acnur identifica como os que têm problemas particulares para se adaptar ao país de onde fugiram ou onde correm risco que algum de seus direitos não estejam protegidos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos