Papa clama por mobilização em mensagem pelo Dia Mundial dos Pobres

Cidade do Vaticano, 13 jun (EFE). - O papa Francisco pediu nesta terça-feira para que as pessoas escutem "o grito dos pobres" e se comprometam a tirar esses indivíduos da marginalização na mensagem pelo 1º Dia Mundial dos Pobres, organizado pela Igreja e que será lembrado em 19 de novembro.

O escritório de imprensa do Vaticano divulgou hoje o texto do pontífice para a data e que leva o título "Não amemos com palavras, mas com obras".

Apesar de Francisco já ter falado em muitas ocasiões sobre o tema, esta é a primeira vez em que ele emite uma mensagem dedicada somente à pobreza e em que convida não apenas a atos isolados, mas a "um verdadeiro encontro com os pobres e dar lugar a uma partilha que se torne estilo de vida".

"Não pensemos nos pobres apenas como destinatários de uma boa obra de voluntariado, que se pratica uma vez por semana, ou, menos ainda, de gestos improvisados de boa vontade para deixar a consciência em paz", apontou.

Segundo ele, se o desejo de alguém é dar uma contribuição efetiva para a mudança da história, "é necessário escutar o grito dos pobres e nos comprometermos a erguê-los do seu estado de marginalização".

"Portanto somos chamados a estender a mão aos pobres, a encontrá-los, fixá-los nos olhos, abraçá-los, para lhes fazer sentir o calor do amor que rompe o círculo da solidão", instou.

Francisco criou a data após a comemoração do Jubileu da Misericórdia.

"A pobreza tem o rosto de mulheres, homens e crianças explorados para vis interesses, espezinhados pelas lógicas perversas do poder e do dinheiro. Como é impiedoso e nunca completo o elenco que se é constrangido a elaborar à vista da pobreza, fruto da injustiça social, da miséria moral, da avidez de poucos e da indiferença generalizada", afirmou.

Para a preparação do Dia Mundial dos Pobres, Francisco pediu que as pessoas "se empenhem na criação de muitos momentos de encontro e amizade, de solidariedade e ajuda concreta", como "convidar os pobres e os voluntários para participarem, juntos, na Eucaristia deste domingo".

"Os pobres não são um problema: são um recurso de que lançar mão para acolher e viver a essência do Evangelho", assegurou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos