Trump receberá presidente sul-coreano na Casa Branca no final de junho

Washington, 13 jun (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, receberá seu homólogo da Coreia do Sul, Moon Jae-in, no final de junho para abordar, entre outros assuntos, as "crescentes ameaças" nucleares e de mísseis da Coreia do Norte, anunciou nesta terça-feira a Casa Branca.

A visita de Moon está programada para os dias 29 e 30 de junho, segundo detalhou o governo americano em um comunicado.

Após a recente vitória eleitoral de Moon, o presidente americano o cumprimentou e o convidou a visitar a Casa Branca o mais rápido possível.

Trump quer dialogar com o presidente sul-coreano sobre como fortalecer a "invulnerável" aliança bilateral, promover a cooperação econômica e sobre assuntos globais, e aprofundar a amizade entre os dois países, de acordo com a Casa Branca.

Além disso, Trump e Moon esperam coordenar no seu encontro "questões relacionadas à Coreia do Norte, inclusive as crescentes ameaças nucleares e de mísseis" de Pyongyang.

A península da Coreia vive um momento delicado pelos insistentes testes balísticos de Pyongyang e pelo aumento do tom militarista com o qual Washington respondeu após a chegada de Trump à Casa Branca.

A Coreia do Norte mantém atualmente quatro americanos presos por diversos delitos, após realizar duas novas detenções de cidadãos do país em abril e maio.

O ex-jogador de basquete americano Dennis Rodman viajou nesta terça-feira à Coreia do Norte com o objetivo de "abrir as portas" para o diálogo com o país, segundo anunciou em uma mensagem na sua conta oficial do Twitter.

Acredita-se que Rodman tem boa relação com Trump por ter participado de um programa de televisão com o republicano, a quem em março se ofereceu para ser mediador para a Coreia do Norte caso o presidente desejasse.

Por sua vez, Moon se mostrou crítico com a instalação por parte dos EUA de baterias de mísseis na Coreia do Sul para dissuadir a Coreia do Norte e sugeriu abrir uma via de diálogo com o regime de Kim Jong-un sem abandonar a pressão das sanções.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos