Vazamento de monóxido de carbono em Nova York intoxica 32 pessoas

Nova York, 13 jun (EFE).- Um vazamento de monóxido de carbono intoxicou nesta terça-feira 32 pessoas em um edifício do bairro Tribeca, em Nova York, porém não há relatos de feridos em estado grave, informou o departamento de bombeiros no Twitter.

"Encontramos uma caldeira estragada no porão com um cano danificado que estava produzindo o monóxido de carbono", disse o chefe dos bombeiros locais, James Leonard, ao canal "ABC 7".

Os bombeiros responderam a uma chamada de emergência no número 60 da rua Murray, ao sul de Manhattan, em torno das 8h30 local (9h30,em Brasília) e evacuaram o edifício de 12 andares e as ruas adjacentes.

"Alguns (moradores) desmaiaram, mas todas as lesões foram relacionadas com os altos níveis de CO", explicou Leonard sobre os afetados, que foram levados a hospitais próximos.

As autoridades detectaram no porão e em outras partes do edifício altos níveis de monóxido de carbono que, segundo disseram alguns moradores, e o forte cheiro começou quando alguém "abriu uma caixa e saiu pó dela", apontou o chefe dos bombeiros no Twitter.

Após investigações, foi detectado que a caixa se tratava de um envio de bowls de salada do dia anterior e foi considerada inofensiva pelas autoridades.

"Trabalhamos extremadamente perto da polícia, localizamos o pacote e a equipe especializada em bombas e os serviços de emergência concluíram que não existia perigo", acrescentou.

O encanamento danificado foi consertado e os níveis de monóxido de carbono caíram depois de algumas horas, momento em que as autoridades declararam que o incidente já estava controlado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos