Argentina lembra 35º aniversário do fim da guerra das Malvinas

Buenos Aires, 14 jun (EFE).- Diferentes personalidades argentinas lembraram nesta quarta-feira o 35º aniversário do fim da guerra das ilhas Malvinas e homenagearam nas redes sociais os mais de 900 mortos durante os 73 dias que durou o conflito com o Reino Unido.

"Aos 35 anos do fim da guerra, içamos a bandeira argentina em honra dos nossos heróis das Malvinas", publicou em sua conta oficial no Twitter o Ministério de Educação e do Esporte da Argentina.

O titular da pasta, Esteban Bullrich, escreveu na mesma rede social algumas palavras de homenagem "aos heróis que há 35 anos defenderam nossa soberania sobre as Ilhas Malvinas", em uma mensagem que postou junto com um vídeo de uma bandeira argentina.

No dia 14 de junho de 1982 acabava a guerra das Malvinas, que deixou 649 argentinos, 255 britânicos e três ilhéus mortos.

Meios de comunicação repercutiram a data, como a emissora esportiva "TyC Sports", que compartilhou um vídeo com imagens da história do conflito, enquanto o canal "Telefé" informou que transmitirá um especial sobre o retorno dos combatentes argentinos aos portos do país após o fim da guerra.

A Argentina exige a soberania das Malvinas desde 1833 e travou uma guerra contra o Reino Unido em 1982 depois que a junta militar que governava o país determinou um desembarque nas ilhas em 2 de abril daquele ano, iniciando um conflito que terminou dois meses depois com a rendição argentina.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos