Suspeito de ataque nos EUA é James T. Hodgkinson, de 66 anos, diz imprensa

Alexandria (EUA), 14 jun (EFE). - O suposto autor do ataque a tiros desta quarta-feira na cidade de Alexandria, na Virgínia, onde pelo menos cinco pessoas ficaram feridas, entre elas o congressista Steve Scalise, foi identificado como James T. Hodgkinson, de 66 anos, de acordo com a imprensa americana, que citou fontes policiais.

Hodgkinson, morador da cidade de Belleville, no estado de Illinois, acusava no Facebook o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de ser "um traidor" e dizia que "é hora de destruir Trump e companhia". Na mensagem, ele também mostrava apoio ao ex-candidato democrata à presidência Bernie Sanders.

Segundo as autoridades, Hodgkinson utilizou um fuzil de assalto M4 e um revólver. O FBI está investigando o caso e informou que ainda é "muito cedo" para saber se o ataque teve motivações políticas e se foi direcionado especificamente aos políticos afetados.

Scalise, representante pela Luisiana, foi atingido no quadril e está estável, conforme o seu escritório.

A ação aconteceu em um campo de beisebol onde membros do Partido Republicano treinavam para uma partida beneficente previsto para amanhã.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos