Trump amplia vencimento de veto migratório para evitar rejeição do Supremo

Washington, 14 jun (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ampliou nesta quarta-feira a data de vencimento do seu veto migratório com o objetivo de que a proximidade da expiração não seja um motivo para que a Suprema Corte se recuse a considerar o assunto.

O presidente americano aprovou as mudanças em um memorando, já que o alto tribunal está avaliando se admite o caso para consideração, mas, após quase 90 dias desde que Trump assinou a ordem, o litígio poderia ter sido rejeitado para a revisão dos nove juízes.

Trump ordenou às agências federais que executassem uma proibição de entrada de 90 dias aos viajantes de seis nações de maioria muçulmana, e uma de 120 dias aos refugiados, em uma ordem revisada que foi bloqueada pela Corte do Nono Circuito de Apelações.

Sob a proibição revisada - Trump já tinha emitido outra em janeiro que também foi derrubada nos tribunais -, as políticas foram fixadas para ganhar efeito em 16 de março, de modo que expirariam nesta semana.

No entanto, os defensores da proibição disseram que, devido ao fato de que os tribunais a puseram em espera, os ponteiros do relógio nunca começaram a rodar.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos