Palestinos são abatidos por policial israelense após ataque em Jerusalém

Jerusalém, 16 jun (EFE).- As forças de segurança de Israel abateram a tiros três palestinos que realizavam um ataque simultâneo com faca e arma automática perto do Portão de Damasco, uma das entradas para a Cidade Antiga de Jerusalém, no qual uma agente da polícia acabou ferida.

"Três terroristas fizeram um ataque perto do Portão de Damasco. As unidades de emergência estão no local. Aumentamos a segurança na região para evitar novos ataques", informou o porta-voz da polícia israelense, Micky Rosenfeld.

Os três agressores morreram no local do incidente por disparos da polícia, que respondeu no ato, acrescentou Rosenfeld.

O ataque deixou vários feridos, que foram levados ao hospital, entre eles uma agente da polícia fronteiriça que ficou em estado crítico, acrescentou o porta-voz policial.

Segundo a polícia, foram dois incidentes distintos, por um lado os agressores atiraram contra um grupo de agentes e também houve um ataque com arma branca no qual uma policial ficou ferida com gravidade.

As forças de segurança isolaram a área do incidente e enviaram unidades especiais para a região.

Este ataque se enquadra na onda de violência que começou em outubro de 2015, na qual morreram 259 palestinos - mais de dois terços deles durante a realização de ataques ou supostos ataques - e 43 israelenses e outras quatro pessoas de várias nacionalidades como vítimas dessas agressões.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos