Putin exalta figura de Helmut Kohl em telegrama enviado a Merkel

Moscou, 16 jun (EFE).- O presidente da Rússia, Vladimir Putin, exaltou nesta sexta-feira a figura do ex-chanceler da Alemanha, Helmut Kohl, por ser um dos artífices do fim da Guerra Fria e da reunificação alemã.

"Tive a sorte de tratar com Helmut Kohl. Admirava francamente sua sabedoria e capacidade de adotar decisões equilibradas e clarividentes, mesmo nas situações mais complicadas", diz o telegrama de condolências do chefe do Kremlin.

Putin, que enviou a mensagem à atual chanceler alemã, Angela Merkel, assegurou que Kohl "desempenhou um papel crucial no fim da Guerra Fria e na reunificação da Alemanha".

"Na Rússia o lembraremos como um partidário de algumas relações amistosas entre os nossos países", disse.

Putin trabalhou para a KGB em Dresden, na Alemanha Oriental, no primeiro mandato de Kohl como chanceler da República Federal da Alemanha.

Kohl deixou o posto de chanceler em 1998, quando Putin já havia chegado ao topo do Serviço Federal de Segurança (FSB, antiga KGB) e dois anos antes que este assumisse a chefia do Kremlin.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos