Elizabeth II presta minuto de silêncio por vítimas do incêndio

Londres, 17 jun (EFE).- A rainha Elizabeth II prestou neste sábado um minuto de silêncio no palácio de Buckingham em homenagem às vítimas do incêndio ocorrido na madrugada da última quarta-feira em um edifício residencial em Londres que provocou a morte de pelo menos 30 pessoas.

Acompanhada pelo duque de Edimburgo, a monarca, de 91 anos, se uniu - pouco após as 10h45 (hora local; 6h45 de Brasília) - ao silêncio das pessoas que se concentraram diante do palácio por ocasião da comemoração oficial de seu aniversário.

Em uma declaração sem precedentes, a rainha divulgou na manhã de hoje um comunicado no qual admitiu que é difícil evitar o ânimo "sombrio" que o Reino Unido vive após as tragédias que sofreu neste ano, como os atentados terroristas em Manchester e Londres, além do incêndio no edifício Grenfell Tower, de 24 andares.

"Nos últimos meses, o país foi testemunha de uma sucessão de tragédias terríveis. Como nação, continuamos meditando e rezando por todos aqueles que foram diretamente afetados por estes eventos", disse Elizabeth II.

"Tradicionalmente, hoje é um dia de comemoração. Neste ano, no entanto, foi difícil evitar o ânimo sombrio nacional", acrescentou.

Na mensagem, a monarca ressaltou que o país mostrou determinação em meio às adversidades e prestou solidariedade aos sobreviventes e familiares das vítimas.

Elizabeth II saiu junto com o marido de carruagem do palácio após o minuto de silêncio para comparecer à sede da guarda real, onde estava marcado um tradicional desfile com grande presença de turistas e moradores da capital britânica, além de membros da família real e ministros do Governo da primeira-ministra Theresa May.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos