Espanha resgata 92 imigrantes que tentavam cruzar o Mediterrâneo

Madri, 17 jun (EFE).- O Salvamento Marítimo da Espanha resgatou neste sábado 92 pessoas de origem subsaariana, entre elas oito mulheres e sete crianças, no Mar Mediterrâneo, e encontraram uma pequena embarcação com cinco corpos perto do porto de Cartagena.

Os imigrantes resgatados foram levados ao porto de Motril, em Granada. Eles viajavam a bordo de três pequenas balsas e foram atendidos pela Cruz Vermelha. Uma mulher grávida que estava no barco foi levada a um hospital para passar por exames médicos.

O Salvamento Marítimo iniciou as buscas na madrugada de hoje após receber um aviso de que várias balsas tinham deixado o Marrocos.

Em Cartagena, a balsa com os cinco imigrantes mortos foi rebocada por um barco do Salvamento Marítimo até o porto depois de ter sido avistada por um navio mercante de Malta, que informou sobre a presença dos corpos em avançado estado de decomposição.

No porto da cidade de Ceuta, no norte da África, a polícia localizou cinco jovens, com idades entre 14 e 16 anos, que pretendiam viajar escondidos em um caminhão ilegal. Eles foram encontrados antes que o veículo subisse em uma balsa de passageiros.

Além disso, um grupo de nove imigrantes, entre eles uma mulher, conseguiu chegar de forma irregular na cidade de Melilla, também no norte da África, em um veículo que cruzou com grande velocidade os controles de fronteira com o Marrocos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos