Santos mantém viagem à Europa e diz que terrorismo não mudará sua agenda

Bogotá, 17 jun (EFE).- O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, assegurou que o ataque terrorista deste sábado em um shopping de Bogotá, que deixou três mulheres mortas, entre elas uma de nacionalidade francesa, não lhe mudará a agenda e que não suspenderá sua viagem a Portugal e França.

"O terrorismo quer é mudar a agenda do país, começando pelo Presidente. A resposta a este tipo de ataque é a normalidade", disse o chefe de Gvoerno em pronunciamento a jornalistas no Shopping Andino, local do atentado.

Santos visitou o shopping em companhia do vice-presidente, Óscar Naranjo; vários ministros de seu gabinete, da mesma forma que do chefe das Forças Militares, general Juan Pablo Rodríguez.

Ao ser perguntado se sua viagem à França ia ter alguma modificação, Santos reiterou: "Não vamos mudar nossa agenda, nem o Presidente, nem o Governo, nem os colombianos por causa de um ataque desta natureza".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos