Vanuatu está de luto pela morte de seu presidente

Sydney (Austrália), 18 jun (EFE).- Vanuatu está de luto pela morte neste fim de semana do presidente, Baldwin Lonsdale, de 67 anos, devido a um possível ataque do coração, informou a "Radio New Zealand".

Lonsdale, um reverendo anglicano escolhido presidente desta nação do Pacífico sul em setembro de 2014, morreu de súbito na madrugada do sábado na capital do país, Port-Villa.

Segundo o jornal "Vanuaty Daily Post", o Conselho de Ministros se reuniu e deve dar mais informações sobre as causas da morte e detalhes sobre o funeral.

O presidente supervisionou a reconstrução em grande parte do país após a devastação causada em março de 2015 pelo ciclone "Pam", que deixou 75 mil pessoas desabrigadas.

Em outubro daquele ano, Londsdale se comprometeu a lutar contra a corrupção após um escândalo que afetou o vice-primeiro ministro, Moana Carcasses, e outros 13 parlamentares, que foram condenados por suborno e tráfico de influência.

A República de Vanuatu, independente desde 1980, sofre instabilidade política desde a década de 90 e foi palco de diversas crises provocadas por moções de censura e trocas de chefe de Governo, devido à prática sistemática de suborno em troca de votos.

Este arquipélago do Pacífico é composto por 83 ilhas com um total de 12.200 quilômetros quadrados de superfície, habitado por pouco mais de 283 mil habitantes, e rodeado por 450 mil quilômetros quadrados de águas territoriais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos