Azerbaijão inicia manobras em grande escala em meio a tensões com a Armênia

Baku, 19 jun (EFE).- O exército do Azerbaijão iniciou nesta segunda-feira exercícios militares em grande escala em meio a novas tensões com a vizinha Armênia após incidentes com vários mortos na zona de Nagorno Karabaj.

Segundo Baku, na semana passada, pelo menos cinco soldados armênios morreram em confrontos armados na fronteira administrativa de Nagorno Karabaj.

As manobras táticas contarão com a participação de cerca de 23 mil militares azerbaijanos, além de 120 carros de combate, 180 peças de artilharia, morteiros e mísseis e se prolongarão de 19 a 24 de junho.

O presidente azerbaijano, Ilham Aliev, voltou a insistir nestes dias em que Baku está preparado para recuperar o controle sobre os territórios ocupados pela Armênia.

"Reforçaremos o nosso Exército e restabeleceremos as integridade territoriais", prometeu Aliev em um comunicado divulgado no fim-de-semana passado.

O conflito entre os dois países se remonta aos tempos da União Soviética, quando o território azerbaijano de Nagorno Karabaj, povoado majoritariamente por armênios, pediu sua incorporação à Armênia, após o qual explodiu uma guerra que deixou 25 mil mortos.

Ao término dos combates, as forças armênias tomaram o controle do Karabaj e também ocuparam vastos territórios azerbaijanos, que chamam "faixa de segurança", para uni-lo à Armênia.

O Azerbaijão sustenta que a solução ao conflito com a Armênia passa necessariamente pela liberdade dos territórios ocupados, demanda que foi respaldada por várias resoluções do Conselho de Segurança da ONU.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos