Líder de grupo terrorista Ansar Al-Furqan é morto no sudeste do Irã

Teerã, 19 jun (EFE).- Soldados do grupo Guardiões da Revolução do Irã mataram o líder do grupo terrorista Ansar Al-Furqan em uma recente operação no sudeste do país, informou nesta segunda-feira este corpo de elite.

O líder extremista, identificado como Yalil Qanbar Zehi, foi morto em uma zona montanhosa na região de Qasr-e Qand, na conflituosa província de Sistão-Baluchistão, segundo um comunicado do grupo iraniano.

As forças de segurança mataram também outros quatro integrantes do Ansar Al-Furqan, um grupo sunita ativo em Sistão-Baluchistão e considerado terrorista pelas autoridades iranianos.

Zehi era procurado há 25 anos por ter liderado vários atentados terroristas contra mesquitas, escritórios governamentais e postos policiais nessa região, de acordo com os meios oficiais iranianos.

Sistão-Baluchistão, palco há dias de operações de segurança, é uma região fronteiriça com o Paquistão com uma população majoritariamente sunita, na qual operam grupos extremistas desse ramo do islã contrários ao Governo xiita de Teerã.

As forças de segurança iranianas iniciaram desde os atentados do dia 7 em Teerã uma campanha contra grupos terroristas.

O duplo atentado contra o Parlamento e o mausoléu do Aiatolá Khomeini, que deixou 18 mortos e 50 feridos, foi o primeiro reivindicado pelo grupo jihadista Estado Islâmico (EI) em território iraniano.

Em represália por estes ataques, os Guardiães da Revolução dispararam ontem seis mísseis balísticos do tipo terra-terra contra bases do EI.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos