Quatro estrangeiros escapam de prisão de Bali através de túnel

Jacarta, 19 jun (EFE).- Quatro detentos estrangeiros fugiram nesta segunda-feira de uma prisão na ilha de Bali, na Indonésia, através de um túnel que passava por baixo do muro exterior da prisão de Kerobokan, informaram fontes oficiais.

"Ainda estamos investigando, mas temos certeza de que cavaram um buraco para chegar até o túnel criado pela água e passar para o exterior da zona carcerária", disse à Agência Efe o diretor de Segurança da Direção de Correcionais, Sutrisman.

Entre os fugitivos, que compartilhavam cela, está o australiano Shaun Edward Davidson, a quem restava menos de três meses para cumprir a condenação, o malaio Tee Kok King, o indiano Sayed Muhammad e o búlgaro Dimitar Nikolov.

O diâmetro do túnel apenas permitia a passagem de uma pessoa e ele tinha 12 metros de comprimento, segundo Sutrisman, que como muitos indonésios atende a um só nome.

O diretor de segurança afirmou que, no momento da fuga pela manhã, cerca de 8 oficiais faziam a guarda de uma população de mais de mil presos, o triplo da capacidade da prisão.

Os fugitivos cumpriam diferentes condenação por violar as leis de imigração e por tráfico de drogas, entre outros delitos.

Pelo menos 32 prisioneiros escaparam na semana passada na cidade de Jambi, na ilha de Sumatra (oeste), quando uma inundação fez com que um dos muros da prisão caísse e em maio 450 escaparam após um motim perto de Pakambaru, também em Sumatra.

As fugas carcerárias são comuns na Indonésia, onde a maioria dos centros estão superlotados e onde frequentemente os presos denunciam tratos abusivos por parte dos guardas e condições insalubres.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos