Deslizamento de terra na Guatemala deixa 11 mortos e vários desaparecidos

Cidade da Guatemala, 20 jun (EFE). - Pelo menos 11 pessoas morreram e um número indeterminado de indivíduos foi soterrado no deslizamento que aconteceu às 4h30 (horário local, 7h30 em Brasília) desta terça-feira em uma comunidade do departamento guatemalteco de Huehuetenango, na fronteira com o México.

De acordo com o secretário-executivo da Coordenadoria Nacional para a Redução de Desastres (Conred), Sergio Cabañas, o deslizamento ocorreu no Cume Wachuná, no município de San Pedro Soloma. Segundo ele, por enquanto, 11 corpos foram recuperados, mas cinco imóveis e um micro-ônibus com passageiros estão soterrados.

A autoridade pediu para que as 300 pessoas que ainda estão na região saiam de suas casas e se dirijam a lugares mais seguros, por conta da instabilidade do terreno e da chuva incessante.

A porta-voz da Conred, Ileana Recinos, disse que das 11 vítimas dez são passageiras do ônibus e uma é moradora.

O prefeito de San Pedro Soloma, Gregorio López, pediu ajuda das autoridades para atender a emergência, a primeira do país durante a temporada de chuvas deste ano.

Com estas, sobe para 16 o número de mortos na atual temporada, de acordo a Conred.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos