EUA anunciarão sentenças de familiares de Maduro por narcotráfico em setembro

Nova York, 20 jun (EFE).- Efraín Campo Flores e Franqui Francisco Flores de Freitas, sobrinhos da esposa do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, conhecerão sua sentença em setembro, dez meses após terem sido condenados em Nova York por narcotráfico, informaram nesta terça-feira fontes judiciais.

O juiz Paul Crotty fixou hoje as datas de 12 e 13 de setembro para divulgar as sentenças de Flores de Freitas e Campo Flores, respectivamente.

Campo Flores foi criado por sua tia junto com o Maduro, depois da morte da sua mãe.

Os dois jovens enfrentaram em 2016 um julgamento em um tribunal federal que se estendeu durante duas semanas e em novembro do ano passado foram considerados culpados de conspirar para exportar e distribuir cocaína nos Estados Unidos.

Os delitos pelos quais foram condenados têm uma pena mínima de dez anos e uma máxima de prisão perpétua.

O anúncio da sentença tinha sido fixado para 7 de março, mas, depois de recursos legais apresentados pela defesa, entre eles para um novo julgamento, que foram rejeitados pelo tribunal, mudou de data.

Posteriormente foram fixadas novas datas, em 26 e 27 de junho, mas de novo foram transferidas para setembro, depois que na semana passada os advogados da defesa pediram um novo adiamento ao tribunal por conta dos "numerosos e complexos assuntos" relacionados com a sentença.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos