Quatro familiares de agressor da Champs-Élysées são detidos na França

Paris, 20 jun (EFE).- Quatro familiares do agressor que na segunda-feira bateu seu carro contra um furgão da Gendarmaria francesa na Champs-Élysées, em Paris, foram detidos, informações confirmadas à Agência Efe por fontes judiciais.

A imprensa local afirmou que a ação aconteceu ontem, na residência do agressor, na localidade de Plessis-Pâté, nos arredores de Paris, onde prenderam sua ex-esposa, seu irmão e sua cunhada, enquanto que seu pai foi detido no momento em que chegava no local.

O homem, que faleceu no ataque, tinha cerca de 30 anos e nacionalidade francesa, estava fichado por radicalismo islâmico, mas os serviços secretos não tinham encontrado elementos suficientes para justificar sua detenção ou condenação.

O incidente aconteceu pouco antes das 16h (horário local, 11h de Brasília), quando ele jogou seu veículo contra um furgão dos gendarmes que circulava pela avenida parisiense.

Seu plano, que não foi bem sucedido, era provocar uma explosão na colisão com o furgão. No interior do seu carro, os agentes encontraram um fuzil, duas pistolas, munições, assim como um cilindro de gás.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos