EUA pedem que países árabes apresentem logo "lista de exigências" ao Catar

Washington, 21 jun (EFE).- Os Estados Unidos pediram nesta quarta-feira que Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos, Egito e Bahrein apresentem o mais rápido possível uma "lista de exigências" que prepararam para normalizar as relações com o Catar.

"Esperamos que a lista de exigências seja apresentada logo ao Catar e que sejam razoáveis e práticas", afirmou o secretário de Estado americano, Rex Tillerson, em um breve comunicado.

Semanas atrás, fontes americanas e do Conselho de Cooperação do Golfo (CCG) indicaram a meios de comunicação que os países árabes que romperam laços diplomáticos e comerciais com o Catar pelo seu apoio ao Irã e ao terrorismo preparavam uma lista de exigências para Doha.

"No relativo à contínua disputa dentro do CCG, entendemos que uma lista de exigências foi preparada e coordenada por parte dos sauditas, emiratenses, egípcios e bareinitas", declarou Tillerson na nota.

"Apoiamos o esforço de mediação kuaitiano e desejamos que esse assunto avance para uma resolução", acrescentou o chefe da diplomacia americana.

Liderados pela Arábia Saudita, os principais países árabes e sunitas iniciaram no último dia 5 de junho um bloqueio diplomático e comercial para isolar o Catar por seu suposto apoio ao terrorismo e ao Irã, a grande potência xiita.

Tillerson pediu em várias ocasiões uma aproximação de posturas para evitar o isolamento do Catar, sede do Comando Central dos Estados Unidos, de onde são coordenadas as operações militares em todo Oriente Médio.

A suposta lista de exigências preparada por Arábia Saudita, Egito e Bahrein, vazada a meios de comunicação americanos, inclui garantias do fim do financiamento ao terrorismo, medidas para controlar o fluxo de capitais para organizações terroristas e o controle da emissora árabe "Al Jazeera".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos