Rei saudita nomeia seu filho Bin Salman como primeiro herdeiro ao trono

Riad, 21 jun (EFE).- O rei da Arábia Saudita, Salman bin Abdulaziz, ordenou nesta quarta-feira a destituição de seu primeiro herdeiro ao trono, seu sobrinho Muhammad bin Nayef, e nomeou para seu lugar, Mohammed bin Salman, filho do monarca.

Segundo um comunicado oficial, Bin Nayef foi também destituído do seu cargo como ministro de Interior, posto para o que foi designado o emir Abdulaziz bin Saud bin Nayef, até então governador da região leste do país e irmão mais velho de Mohammed.

Bin Salman, a quem muitos consideravam o verdadeiro responsável da política do reino desde o ascensão ao trono do seu pai, em janeiro de 2015, e que segue com seu cargo de ministro de Defesa, também foi nomeado vice-presidente do Conselho de Ministros, antigo posto e Bin Nayef.

Segundo o canal saudita "Al Ejbariya", a nomeação de Mohammed bin Salman aconteceu com o apoio de 31 dos 34 membros do Conselho de Lealdade, órgão criado em 2006 pelo então monarca Abdullah Bin Abdulaziz al Saud para resolver questões sobre sucessão.

A nomeação oficial de Bin Salman como novo herdeiro ao trono aconteceu durante a oração do "Tarauih".

Além disso, o rei ordenou alterar o segundo parágrafo do regime do Conselho de Lealdade, onde é determinado que o governo deve ser exercido pelos filhos do fundador do reino, Abdulaziz ibn Abdul Rahman ibn Faisal, e introduziu que também seus netos podem dirigir o país.

Ele também realizou outra mudança, onde o rei e seu primeiro herdeiro devem de ser da mesma linha sucessória descendente do rei fundador, e que apoiaria a eleição do seu filho Salman como novo herdeiro ao trono.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos